Blog

Links patrocinados aproveite o máximo de cada clique

Já sabe como aproveitar o máximo de cada clique que os usuários fazem nos seus links patrocinados? Se ainda não, então você precisa conhecer as ferramentas que estão à sua disposição para aumentar as vendas online do seu negócio através dos anúncios pagos.

Atualmente, o Google é o site de buscas mais utilizado pelos brasileiros e oferece diversos recursos para quem precisa de estratégias para captar mais leads.

Portanto, se você já trabalha com o Google Adwords, por que não explorar todos os recursos dessa ferramenta que é extremamente útil para anunciar e conquistar o seu público alvo de vez?

Sobretudo, vale ressaltar a importância de fazer uma campanha que reúna elementos dos links patrocinados e do Marketing de Conteúdo, pois essa ainda é a melhor forma de conseguir captar mais leads na internet e proporcionar uma experiência que agrega valor aos usuários.

Quer saber como otimizar os seus links patrocinados? Confira nesse artigo todas as dicas e informações sobre o assunto que temos para você!

Veja abaixo:

 

Dicas para usar nas suas campanhas de links patrocinados

Remarketing: devo utilizar ou não essa ferramenta do Google?

Vamos supor que você visitou uma loja online porque estava interessado em um produto, mas, por algum motivo, não efetuou a compra. Não seria tentador se o Google ficasse te lembrando desse produto através de anúncios? Pois é exatamente isso o que a ferramenta de Remarketing faz, já que serve para impactar novamente o visitante com um novo anúncio. No entanto, essa não é a forma mais efetiva de chamar a atenção do seu público alvo.

O ideal mesmo é que você consiga prender a atenção do seu potencial cliente através de conteúdo de qualidade, enviando materiais e informações que podem fazer com que ele decida por comprar o seu produto/serviço. Não deixe de conferir nosso artigo O que é remarketing

 

Otimizar conversão Google Adwords: o que é e como fazer?

Para melhorar suas taxas de conversão no Google Adwords, isto é, fazer com que mais pessoas cliquem em seus links patrocinados, é essencial que você otimize e explore os recursos dessa ferramenta. Com a plataforma de anúncios pagos do Google você pode desenvolver anúncios que são segmentados de acordo com a idade, gênero e localização do seu público alvo, além de criar páginas de captura para conseguir mais leads.

As landing pages (páginas de captura) são utilizadas, principalmente, para conseguir o e-mail dos seus potenciais clientes. Para isso, você oferece algum desconto ou algum infoproduto, um e-book, por exemplo, em troca do endereço de e-mail do usuário. Com isso, é possível acumular diversos e-mails com o objetivo de enviar informações e conteúdos que ajudam o seu público alvo a compreender os motivos para comprar o seu produto ou serviço pela internet.

 

Pay-per-click (PPC): o que é e como funciona?

O PPC, que traduzido para o português significa “pagamento por clique”, são os links patrocinados do Google. Esses anúncios pagos são exibidos acima dos resultados orgânicos da busca, bem como surgem ao lado direito da tela que mostra os resultados da pesquisa. Nesse aspecto, vale ressaltar que, com o PPC, os seus links patrocinados aparecem de forma chamativa para o seu público alvo, o que faz com que a probabilidade de essas pessoas clicarem no seu anúncio seja maior.

No Google Adwords, é você quem escolhe o quanto deseja pagar pelos seus anúncios. Outro benefício é que você só precisa pagar a plataforma quando os usuários clicam nos seus links patrocinados e, também, pode utilizar as ferramentas disponíveis para a mensuração de resultados.

No entanto, quando falamos de estratégias de marketing e campanhas online, é essencial que você invista nos serviços de uma agencia de marketing digital para obter os melhores resultados.

 

Qual a importância dos serviços de uma agência de marketing digital?

Com uma agência de marketing digital, o maior benefício é poder contar com a ajuda de profissionais qualificados e que estão habilitados para operar as ferramentas e recursos que podem tornar a sua campanha de anúncios pagos um sucesso no Google.

É comum que muitas pessoas tentem desenvolver campanhas publicitárias por si mesmas, e acabem não conseguindo obter os resultados desejados porque não conhecem todos os recursos que podem explorar para otimizar as vendas.

Portanto, se você pretende lucrar o máximo possível com links patrocinados, não deixe de investir no suporte de especialistas em Marketing Digital!

Criação de sites: 9 recursos que não podem faltar no seu projeto

Dicas de marketing digital e criação de sitesNeste artigo vamos mostrar algumas ferramentas e estratégias que usamos na hora do planejamento de marketing digital e criação de sites. São estratégias focadas na geração de tráfego, atendimento e vendas online. A implementação destes itens é garantia de sucesso do seu projeto. Continue reading

Growth Hacking: Oque é e como ele ajudará a aumentar o faturamento

Você já deve ter ouvido falar em Growth hacking, um dos mais novos conceitos de crescimento dentro das empresas. Parte fundamental em marketing digital especialmente em estratégias Inbound Marketing, aplicar as inúmeras e diferentes técnicas desta metodologia é sinal de prevenção a crises e quaisquer instabilidades, rumando sempre o negócio para o topo.

Neste artigo, mais do que entender o que é e quais as vantagens de aplicar o Growth Hacking na sua empresa, você terá dicas sobre as suas principais técnicas! Continue este leitura e leve o negócio ao crescimento se tornando um profissional Growth.

O que é Growth Hacking?

Não faz muito tempo que o termo foi utilizado pela primeira vez por um CEO americano importante (Sean Ellis). Aliás, devido a isso, ainda existem muitas divergências sobre o conceito exato, tendo-se apenas que growth hacking é “um marketing orientado ao crescimento e aos experimentos”.

Sim, growth hacking é uma estratégia de marketing alcançando o ápice de sua aplicabilidade justamente em meio às técnicas SEO, email marketing entre outros.

A tradução literal do termo envolve crescimento (growth) e brecas (hack) sendo, portanto, outro entendimento de que growth hacking são metodologias aplicadas ao ato de procurar e encontrar brechas, sejam de mercado, de tecnologia ou público, para promover o crescimento.

O profissional growth geralmente entende tanto de marketing quanto de sistemas e tecnologias e usa a junção dessas duas matérias para promover verdadeiras mudanças dentro da empresa, captando mais oportunidades e explorando-as de uma melhor forma.

Desta forma, resultados, isso é o que realmente importa quando o assunto é growth hacking!

O que não é Growth Hacking?

Você já viu o que é growth hacking, mas é importante ainda destacar o que esta metodologia não é já que são muitos os mitos e histórias ao seu redor.

Growth hacking não é, por exemplo, uma mágica em que tudo se resolve e os números se multiplicam devido a pequenos reajustes.

Cada técnica, ou seja, cada uma das estratégias inbound marketing utilizadas neste campo, requerem muito estudo e observação para que de fato os resultados comecem a ser vistos e mensurados, certo?

Outro ponto importante também é que growth hacking não é uma prática abusiva que infringe leis ou regras, muito menos tem ligação com hackers, como muitos chegam a pensar equivocadamente.

Apesar de trabalhar no “back hat”, as técnicas growth ahcking são apenas atalhos, nada que infrinja de algum modo aos conceitos éticos sendo, portanto, uma prática recomendada para quem deseja expandir seus negócios a partir do marketing digital.

Vantagens da estratégia Growth Hacking

São muitas as vantagens em se aplicar técnicas e estratégias growth hacking, mas entre todas elas vale destacar algumas que são evidentemente mais perceptíveis. Confira:

1. Maior resultado por um menor custo
Evidentemente a primeira grande vantagem a ser destacada é que a partir do growth hacing é possível explorar o marketing digital, SEO, inbound marketing e email marketing de uma forma mais profissional e direcionada que melhoras os resultados mesmo quando os custos da campanha e da estratégia foram menores.

2. Processo de inovação contínuo
A não estagnação também é uma grande vantagem growth hacking. Nessa estratégia não há espaço para conformismo, por isso o negócio segue a um ritmo acelerado de crescimento sempre!

3. Retenção de clientes
Mais do que conquistar clientes, é essencial saber como retê-los, fidelizá-los para que sempre voltem, e as estratégias growth hacking tratam deste ponto com maestria também!

Técnicas Growth Hacking de acordo com o Funil

a) Atração de visitantes
Faça parcerias com sites em que o seu público está! A Airbnb recentemente teve um boom ao utilizar um canal de comunicação direta com o seu público, levando seus anúncios até eles.
Outro ponto interessante para atrair e que sua agência de marketing digital pode ajudar é investindo em convites personalizados. Pense nisso!

b) Conversão em leads
Ofereça uma ferramenta ou um conteúdo gratuito para que o lead preencha o formulário e se torne seu lead.

c) Relacionamento
Nutra o lead com novos conteúdos e materiais pertinentes e que possam lhe interessar antes de simplesmente lhe vender.

d) Efetivação da venda
Ofereça vantagens exclusivas para o lead na hora da venda e lhe faça se sentir único e especial para que o recomende aos seus amigos e conhecidos.

Marketing digital além do site institucional

Marketing digital além do site institucional: Quando a internet começou a se popularizar, a primeira sensação que as empresas tiveram foi de que era necessário marcar presença nesse novo ambiente. Afinal de contas, uma coisa era certa: os consumidores estavam lá.

O primeiro passo foi o desenvolvimento de sites institucionais. A criação de sites institucionais esteve, num primeiro momento, voltada para estabelecer presença online. A empresa divulgava seu perfil, história, produtos e campanhas.

Num momento seguinte, encontraram uma forma de estabelecer relacionamento com seus clientes, através da criação de páginas nas redes sociais. Buscava-se a interatividade como fator de alavancagem de negócios, construção e posicionamento de marcas.

A experiência do e-commerce atraiu os grandes varejistas e gerou novos players exclusivos do ambiente virtual.

Os mecanismos de busca eram o caminho que levaria os clientes às empresas, primeiro através do nome. Aos poucos, esses mecanismos de busca foram se sofisticando, buscando conteúdo por palavras chave e até conjuntos de palavras.

 

Bem vindo ao Marketing Digital

Com o passar dos anos, mais e mais empresas, profissionais liberais e pequenos empreendedores perceberam a internet como uma oportunidade de serem encontrados por seus clientes e aumentarem suas receitas. Estava em pleno curso a era do Marketing Digital.

Aos poucos, o Marketing Digital estabeleceu seu próprio roteiro, com base numa pergunta chave: “como aumentar as vendas online?”.

Ao não conseguir responder a essa pergunta, muitos se desapontaram. O que é marketing sem aumento de lucratividade?

É claro que essa pergunta não afligiu frontalmente as grandes empresas de varejo com marcas consolidadas, que podiam, ao mesmo tempo, se dar ao luxo de serem procuradas por seus clientes e dar visibilidade às suas campanhas investindo nos programas de marketing de afiliados.

 

Surge o Marketing de Conteúdo

O conteúdo é a essência da internet, pois ela viu surgir rapidamente uma gigantesca comunidade de formadores de opinião, desde portais segmentados aos da grande mídia e blogs de nicho.

O mercado percebeu, então, que havia uma oportunidade real a ser explorada. Surgiu, dessa forma, o marketing de conteúdo e o inbound marketing. As empresas começaram a perceber que o Marketing Digital tinha sua própria lógica. A grande maioria das pessoas procuram por coisas na internet, não por empresas.

O Marketing de Conteúdo é uma tática através da qual a empresa disponibiliza conteúdo de interesse dos seus clientes, conteúdos esses que têm ligação com o seu negócio. É uma forma bastante eficaz de atrair a atenção de consumidores que fazem parte do público alvo da empresa. É uma forma, inclusive, de selecioná-los.

O inbound marketing é o conjunto de técnicas para fazer com que esse conteúdo seja encontrado. Entram em pauta termos como “otimização de sites” e “SEO”. São técnicas que fazem com que o site ganhe relevância para os mecanismos de busca, melhore seu posicionamento e seja mais facilmente encontrado.

As técnicas de “SEO” caíram como uma luva. Através da leitura de como funcionam os mecanismos de busca, as técnicas de SEO ajudam a tornar o conteúdo visível nesses mecanismos.

 

Como isso afeta o desenvolvimento de sites?

A criação de sites evoluiu. Hoje, por exemplo, existem os websites responsivos que melhoram a usabilidade nas tecnologias móveis, fazendo a otimização de sites para tablets e celulares.

O avanço das tecnologias digitais permitiu a criação de serviços mais sofisticados, como a possibilidade de prestar atendimento em tempo real através dos chats e de se realizar a venda de produtos 100% virtuais, como os e-books.

Hoje, não faltam APPs para controle de tráfego e formulários para a coleta de dados do cliente, criando valiosos bancos de dados. A possibilidade de atrair clientes para o site através do Marketing de Conteúdo e convidá-lo a se inscrever para receber as novidades da empresa abriu caminho para se estabelecer um relacionamento com os leads.

O email do marketing deve ser usado para entregar novos conteúdos, estreitar o relacionamento com um lead propenso a se tornar cliente da empresa e oferecer produtos e serviços da empresa.

Hoje, quando se pensa em criação de sites institucionais, se está pensando, na verdade, em algo dinâmico, que permita ao cliente interagir, receber informações, usufruir de serviços e comprar.

 

Papel da Agência de Marketing Digital

O problema todo é que nem todos estão preparados para enfrentar o desafio de desenvolver sites, táticas de marketing digital e fazer o controle das ações e dos resultados.

É para isso que serve a agência de Marketing Digital. São empresas especializadas, que se reúnem com seus clientes para entender seus objetivos, conhecer seus produtos, suas estratégias e seus clientes alvo para desenvolver planejamentos.

Existem perguntas que uma agência estará apta a responder, como sobre onde anunciar, quanto anunciar, como fazer, como criar e acompanhar uma campanha completa e obter os resultados.

Há uma série de aspectos importantes no Marketing Digital que somente uma empresa especializada tem condições de dominar, como, por exemplo:

– A importância do design no desenvolvimento de sites enquanto elemento essencial da comunicação;

– A importância de que os clientes identifiquem rapidamente no texto do blog as informações mais importantes, de modo a não perder a visita;

– As grande quantidade de ferramentas úteis para a viabilidade das estratégias.

Esperamos ter oferecido informações realmente esclarecedoras sobre o assunto.

 

Whatsapp Marketing – Veja como usar para o seu negócio

Você sabia que 75% dos usuários de Whatsapp utilizam o aplicativo diariamente? E mais, você já deve ter reparado que a maioria dos seus contatos usa esta ferramenta e esse número cresce a cada dia. Que tal começar a fazer Whatsapp Marketing para o seu negócio?

Separamos algumas dicas para utilizar o Whatsapp como ferramenta de marketing para sua empresa. Aproveite todo o potencial desta ferramenta a favor do seu negócio!

Whatsapp como canal de comunicação para os seus clientes: A primeira dica parece básica mas muitas empresas já usam esse canal de comunicação informalmente e acabam não divulgando esse canal de atendimento. Não esqueça de informar para os seus clientes o número que você utiliza para atendimento. Falando nisso, você deve ter um número exclusivo para esta finalidade, não utilize o seu número pessoal muito menos o contato particular de um colaborador seu.

Você também pode fazer contato ativo mas lembre-se de respeitar a privacidade do seu cliente. Antes de enviar qualquer informativo, indicamos que você entre em contato pedindo autorização para o envio de novas mensagens.

Algumas sugestões de uso do Whatsapp para comunicação com o seu cliente Whatsapp Marketing:

Grupos de mensagens: É um uso bem comum no nosso dia à dia pessoal. Más podemos utilizar os grupos de forma profissional. Indicamos a criação de pequenos grupos de 20 a 30 membros. Os temas abordados nos grupos podem ser assuntos relacionados ao seu produto ou ao seguimento que o seu produto atua. Assim você poderá inclusive descobrir tendências e necessidades que o seu cliente possui.

Avisos rotineiros: Utilizamos muito aqui na agência esse recurso. Principalmente para comunicar expediente em feriados, felicitar aniversários e outras datas festivas.

Divulgação de promoções: Pode parecer o uso mais óbvio quando falamos de marketing usando Whatsapp mas vale lembrar que o envio de mensagens desse tipo em excesso pode acabar incomodando o seu cliente. Faça promoções pontuais, procure ter promoções que são feitas exclusivamente para quem recebeu a mensagem pelo Whatsapp assim você valoriza este canal.

Pesquisas e Quizz: Aproveite o poder da interatividade para aperfeiçoar seus produtos e serviços. Convide seu cliente para participar de pesquisas e saiba o que ele tem a dizer.

Acompanhamento de Pedidos: Outro bom uso do Whatsapp para empresas é o acompanhamento de entregas de pedidos em lojas virtuais. Ao identificar que a entrega do pedido do cliente já ocorreu, entre em contato via Whatsapp para fazer pesquisa de satisfação. Assim você fideliza seu cliente e coleta melhorias através da opinião do seu consumidor.

Divulgação de novos conteúdos no Blog: Mais um exemplo de uso para fortalecer o relacionamento sem usar conteúdo de venda direta. Envie um resumo dos novos artigos que você publica em seu blog e convide o seu contato para visitar o blog para continuar a leitura. Lembre-se, se você publica novos conteúdos com muita frequência não é conveniente sobrecarregar seu cliente com mensagens.

Uso do Whatsapp para divulgar eventos: Muitos de nosso clientes realizam eventos presenciais em seus negócios. Além das ferramentas de divulgação via e-mail e os eventos do Facebook, também é usado o Whatsapp para auxiliar a lembrar o seu cliente nos dias próximos ao evento e no dia que o evento está rolando.

Diagnóstico de Marketing Digital

Dicas de Uso da ferramenta

Separamos duas dicas extras para facilitar o uso. Muitas pessoas não sabem mas é possível usar o Whatspp pelo computador e sem instalar nenhum aplicativo extra veja como no passo a passo a seguir:

Acesse o site http://web.whatsapp.com/

No Whatsapp usado o Android você pode acessar o botão menu em seguida acesse a opção “Whatsapp Web” para ler o código QR que está no site que você acessou anteriormente.

Para fazer a leitura do código QR no Sistema IOS Iphone, abra o aplicatvivo Whatsapp depois use a opção ajustes em seguida “Whatsapp Web”.

Se preferir, também pode instalar o aplicativo do Whatsapp. acesse o link e faça o download: https://www.whatsapp.com/download/

Listas de distribuição:

O Whatsapp tem outra ferramenta pouco divulgada são as listas de distribuição. Com elas é possível enviar uma mensagem para diversos contatos ao mesmo tempo, sem a possibilidade dos contatos interagirem entre eles como acontece nos grupos, excelente para Whatsapp Marketing. Ao seu cliente responder a mensagem, somente você recebe a resposta.

O Whatsapp é um bom exemplo das ferramentas de comunicação que possibilitam o contato personalizado para cada cliente. Ao mesmo tempo é importante lembrar que devemos sempre respeitar a privacidade,

O que é site responsivo

Antes de responder o que é site responsivo, lembre-se que o aceso à internet usando celulares e outros dispositivos móveis está cada vez mais popularizado. Existem mais números de celulares ativos que habitantes no Brasil (Segundo a Anatel, existem 257,8 milhões de linhas ativas segundo informações da Anatel em 01/2016 ).

Mas afinal o que é O que é site responsivo: Um site responsivo é desenvolvido para se adaptar as mais diversas formas de acesso que o visitante usa. Incluindo computadores, celulares, tablete’s, smart TV’s até outros dispositivos pouco convencionais mas que já são realidade como refrigeradores, carros entre outros.

A criação de sites responsivos não se resume somente em adaptar-se na tela do cliente. Houve uma grande revolução na forma que o internauta consome o conteúdo. Fronteiras foram ultrapassadas hoje o acesso à internet não é privilégio de poucos favorecidos financeiramente e com conhecimento técnico. Hoje praticamente todos os consumidores de qualquer tipo de produto estão presentes na internet.

Convido você a fazermos juntos uma análise mais ampla sobre o tema.

Evolução Tecnológica

O IBM Aptiva foi um dos primeiros computadores produzidos em série que vinham com modem para acesso à internet.Tive oportunidade de ter acesso à internet desde sua chegada ao Brasil, quem também pode acessar nesta época vai lembrar das barreiras que tínhamos que superar para consumir o pouco conteúdo que havia na rede. O primeiro era em termos financeiros, pois os primeiros provedores cobravam altos valores para ter poucas horas de acesso à rede. Além da necessidade de ter uma linha telefônica que nessa época haviam regiões que não tinham abrangência, havendo o valor de um número de telefone equiparava-se ao valor de um carro. Ia esquecendo de mencionar a necessidade de ter um computador que também valia alguns dólares. Tudo isso para ter um acesso precário com uma velocidade muito baixa que possibilitava basicamente a leitura de textos.

Com o tempo, o acesso ficou mais fácil. Com a facilitação da importação e a produção de componentes no Brasil, os computadores ficaram mais baratos além da entrada de novos fornecedores de telefonia e internet. O surgimento da banda larga causou uma primeira revolução, oferecendo acesso rápido às informações, incentivando a criação de conteúdos mais fáceis de consumir, como áudio e vídeo, com isso, a informação fica mais fácil de ser consumida aumentando a quantidade de adeptos (consumidores) online.

O último ato da nossa história é o surgimento dos primeiros Celulares Smart Phones. Nos primeiros anos, a tecnologia ainda era cara, com poucos adeptos mas o crescimento é extremamente rápido a medida que novas versões mais econômicas começam a surgir, até abranger totalmente as mais variadas classes sociais e faixas-etárias. Hoje qualquer pessoa tem acesso a Internet e não vive mais sem essa comodidade.

Site responsivo é o site que se adapta aos diversos tamanhos de telasHábitos de Navegação

Aonde o seu cliente está? Antes de pensar em o que é site responsivo, pense nos hábitos que o seu cliente tem ao navegar na internet. A maior parte deles, utiliza celulares e outros dispositivos móveis para ter acesso a Internet.  Outra parcela e em e alguns casos  ainda podemos citar que é a única forma de aceso a rede mundial. Por isso, hoje devemos planejar um grande volume de visitantes originados de  celulares.

“Existe uma grande quantidade de visitas que tem origem através de dispositivos móveis, o seu cliente usa o muitas vezes o celular nos momentos livres, e é nesta hora que ele pode visitar o seu site. Ele está pronto para receber esta visita?”

Experiência do usuário

Um site desenvolvido usando tecnologia não responsiva na maioria dos casos pode ser visualizados em celulares. Porém, a navegação o internauta pode ter uma experiência muito ruim,  sendo necessário pinçar a tela, abrir, ler, fechar, procurar, abrir e fechar novamente fazendo com que percamos tempo na consulta, e até deixando de lado para abrir o site num computador (ou desistir e escolher o seu concorrente) causando uma impressão extremamente negativa associada a sua marca essa é a maneira ruin do seu visitante descobrir o que é site responsivo.

Um site responsivo é mais rápido

A criação de sites responsivos é feita  usando tecnologia que utiliza de forma mais eficiente os recursos dos navegadores proporcionando mais velocidade de navegação e consequente satisfação para quem está navegando.

Sites feitos em Flash não funcionam em celularesIncompatibilidade total

Alguns sites antigos podem ser completamente incompatíveis com os celulares. Após a popularização da banda larga, deu-se inicio a uma grande quantidade de sites com conteúdo multimídia, usando sons e animações. Esses projetos eram desenvolvidos usando a linguagem de programação Flash que utiliza muita memória. Por esse motivo, não foi compatibilizada para ser usada em celulares, deixando alguns sites que são fSa flash, completamente incompatíveis com os navegadores móveis.

Site Mobile X Aplicativo X Site Responsivo

Agora vamos comparar as principais opções para divulgar o seu negócio na internet para internautas usam celulares, tablets e outros dispositivos.

As principais opções são: site com versão para celulares, aplicativo para rodar no telefone e site responsivo que você já conhece algumas vantagens citadas anteriormente. Cada alternativa tem vantagens específicas e variação de investimento.

Vamos falar primeiro do site com uma versão mobile: Esta opção consiste em ter uma cópia do seu site feito exclusivamente focado na versão mobile. Neste caso o projeto tem mais flexibilidade que a versão responsiva pois, podemos explorar características somente de dispositivos móveis. O investimento é superior ao site responsivo pois são praticamente dois projetos que serão executados.

Outra opção é ter um aplicativo instalado no aparelho do seu cliente, esta é uma ótima solução para projetos mais complexos que necessitam de mais recursos ou quando há necessidade de fidelização, já que o aplicativo permanece sempre a disposição do seu prospect/cliente. Sempre recomendamos que seja feita uma análise cuidadosa se o aplicativo é a melhor opção ou se será somente mais um aplicativo perdido na tela do celular. Além de ser uma que necessita investimento maior e o tempo de desenvolvimento também é superior as demais alternativas.

Sites Responsivos tem prioridade no ranking do Google

O Google constantemente faz melhorias no seu sistema de busca. E não é recente a atualização que foi feita em relação a priorização de sites que são compatíveis com celulares. O motivo é baseado na prioridade maior do Google: entregar o melhor resultado para quem está pesquisando, e vamos concordar, um bom conteúdo em uma boa apresentação deve ser valorizado.

O que é site responsivo na prática: Faça um checkup gratuito no seu site e suas ações de marketing

Esse artigo ficou um pouco longo, mas acreditamos que é foi necessário abordar os principais tópicos para você aprender um pouco mais sobre a necessidade de ter um site bem construído.  Fazendo com que seu cliente consiga interagir com a sua marca de forma adequada.

Agora que você já sabe o que é um site responsivo.  Convidamos você para fazer um checkup gratuito do seu site e identifique melhorias que podem ajudar ele a vender mais para você. Além de uma avaliação técnica identificaremos oportunidades de marketing digital que você poderá explorar. Clique aqui para avaliar o seu site.

Lições práticas do inbound marketing que dá resultados

inbound marketing que dá resultadosO que é inbound marketing e como isso funciona? Com a nova era da comunicação digital, novas tendências têm chegado ao mercado. O inbound marketing, uma das mais eficientes, deixou de ser apenas uma tendência para se tornar uma confirmação como metodologia de sucesso.

No Brasil, a maioria dos gestores de marcas já entenderam que curtidas no Facebook não podem ser o principal parâmetro de marketing. Assim, as empresas estão procurando novas maneiras de se relacionar com seu público de forma mais objetiva e mensurável, saber quanto cada centavo retorna em oportunidades e vendas.

Mas implementar o inbound marketing, valendo-se do marketing de conteúdo, para conseguir resultados não é uma tarefa fácil. Por isso listamos algumas lições práticas e essenciais:

Defina objetivos possíveis e claros

Analise o seu marketing a fundo, se possível com a ajuda de um consultor especializado. Identifique qual é a sua maior necessidade de comunicação e trace essa demanda como objetivo principal.

 

Ela pode ser educar o seu público sobre um novo tipo de produto ou gerar mais visitas e leads.Também pode ser uma das maiores dores de empresários: aumentar as vendas diretamente. É preciso buscar somente um objetivo por vez. Tentar fazer tudo ao mesmo tempo pode significar conseguir nada.

Trace a melhor estratégia possível

Sabendo qual o objetivo principal, defina o público-chave para atingir essa meta. Então estude esse público e trace estratégias para chegar até ele com sucesso. Saiba quais são os seus interesses, no que ele clica, quais suas objeções para comprar o seu produto.

Estabeleça o norte de conteúdo com KW

Sabendo qual o objetivo principal e com quem deve comunicar para alcançar, chega uma das etapas mais delicadas: a de desenhar o funil de vendas, o norte de conteúdo e as KW (key words ou palavras-chave).

 

No inbound cada tipo de conteúdo atende um objetivo geral. De forma bem resumida, existem três fases de funil para conteúdos. Eles compõem uma jornada de compra comum:

  • Conteúdo de TOFU  (deve ser em primeira instância um conteúdo muito atrativo que gere conversão de visitantes em leads);
  • Conteúdo de MOFU (aqui o material deve focar em conseguir mais informações do lead e quebrar suas barreiras de compra);
  • Conteúdo de BOFU (nessa parte o conteúdo tem o papel de tirar dúvidas sobre o produto e o processo de compra).

 

Por exemplo, se a minha BP (buyer persona) é um usuário de smartphone e o objetivo é oferecer um seguro para smartphone. Um ótimo tipo de conteúdo de TOFU pode ser um eBook com “40 dicas de manutenção para deixar o celular mais rápido”. Esse conteúdo deve ser atrativo para gerar um ótimo mailing de usuários de smartphones independente ou não se eles precisam do serviço agora.

O conteúdo de MOFU pode ser “Como evitar um roubo de celular?” e o conteúdo de BOFU deve ser algo como “Como contratar um seguro de smartphone acessível”. Percebeu como a jornada de compra foi traçada? Este é um exemplo muito resumido e sem a ligação estratégica com automações.

Algo muito importante na hora de definir esses títulos é buscar palavras-chave com o maior volume de pesquisa. Quando você tiver realizado essa pesquisa, perceberá que o volume vai baixando conforme o lead desce no funil.

A ideia é de que o conteúdo de meio para base de funil seja usada em nutrições de marketing para gerar oportunidade enquanto o de topo é para nutris leads recém gerados. Para ambos devem existir diversas portas de entrada para Leads como e-Books, vídeos, infográfico, entre outros conteúdo que podem ser divulgados com campanhas de Ads e tráfego orgânico.

5 motivos para contratar uma agência de marketing digital

Será que vale a pena mesmo contratar uma agência de marketing digital? Afinal, hoje qualquer um pode acessar o Facebook e fazer sozinho sua comunicação, não é mesmo? Esse pensamento, que já passou pela cabeça de muitos pequenos e médios empresários, está completamente errado.

O fato da comunicação ter se democratizado não significa que ela possa ser feita de forma amadora. Muito pelo contrário, agora que todas as marcas podem dialogar, apenas quem tiver algo interessante para falar será ouvido.

Por isso preparamos alguns motivos para você confiar o seu marketing digital a uma agência especializada no assunto.

Definição de alvo

Target MarketingComo alguém pode conhecer os seus clientes melhor do que você mesmo? É verdade. Ninguém os conhece do balcão para fora tão bem. No entanto, a sua percepção pode ser falha quanto a quem ele é, no que ele clica, onde trabalha, o que assiste no YouTube.

Por isso contar com uma agência especializada para definir o seu público-alvo ideal é a escolha mais sábia. Somente no Brasil, até maio de 2016, contabilizou-se 168 milhões de smartphones. Saber quem é o seu público neste grande bolo e definir estratégias para chegar até ele é algo que apenas especialistas são capazes de fazer.

Assim você poderá investir o seu dinheiro em quem realmente importa. É como comparar um atirador que usa uma munição por alvo com um atirador comum equipado com uma metralhadora que tenta atingir todos ao mesmo tempo. O primeiro sempre será mais efetivo e econômico.

Atração e fidelização de clientes

Com esse alvo pré-definido será possível atrair clientes com as estratégias certas. Seja com promoções, anúncios, reposicionamento de marca, para aí sim fidelizá-los à sua solução. Afinal, esse é o grande objetivo de todo marketing: vender mais e melhor.

Mas como vimos, cada cliente se comporta de uma forma e consome propaganda de um jeito. Por isso apenas uma agência capacitada é capaz de definir uma proposta de marketing que vai atrair e reter pessoas interessadas no que sua empresa quer.

Retorno sobre o investimento

As agências do futuro são as que otimizarão cada centavo investido. Nenhum planejamento de comunicação deve ser feito sem contar com a última etapa que é a de análise dos resultados e prestação de contas do dinheiro investido.

Quanto ele retornou em oportunidades e vendas? Pois se a sua agência vender a ideia que apenas seguidores basta e que resultado é algo subjetivo, pode ter algo de errado com ela. O grande mantra das agências digitais é a melhora do ROI, que em português significa retorno sobre o investimento, através de gestão de ADs e campanhas de marketing com aprimoramento contínuo.

Agência de marketing digital com experiência

Por mais que estude e já tenha experiência valendo-se da informática, será que você e sua equipe conseguiria montar seus próprios computadores, em vez de comprá-los prontos? O mesmo vale para comunicação e marketing.

Mesmo que haja um grande esforço, é complexo montar uma estratégia e uma linha de execução tão efetiva e assertiva quanto uma empresa que há anos desenvolve soluções nesta área. Sem mencionar os profissionais que são graduados e pós-graduados em um mesmo assunto. Por isso é melhor confiar em uma agência. Isso permite que você e sua empresa se foque no que importa: na execução e otimização da sua gestão da empresa e do produto.

O digital já não é mais tendência e não basta entender um pouco para utilizar esta poderosa ferramenta em prol da sua empresa. Conheça nosso portifólio de soluções e entre em contato para que possamos, juntos, planejar e executar um projeto de marketing vencedor.

O que achou desse conteúdo? Nós estamos sempre produzindo artigos sobre marketing digital de forma gratuita. Deixe o seu comentário com sugestões ou elogios. Sua voz é importante para nós!

Chamada FB: Não deixe a crise impedir a profissionalização do seu marketing. Confira 4 motivos para contratar uma agência especializada hoje mesmo!

6 fundamentos na criação de sites que vendem

Há muitos anos já se falava: quem não investir na criação de um site, estará em desvantagem. Isso já não é mais uma verdade. Hoje, quem não está online, nem desvantagem possui, pois não é mais um competidor a ser levado a sério em seu mercado.

Por isso não basta possuir um site. É preciso possuir O site. Ele deve ser uma ferramenta lucrativa de marketing que atraia visitantes e os transforme em vendas e lucro real. Há quem acredite que o Facebook dispense os websites.

Nós discordamos disso e hoje apresentamos 6 fundamentos para você considerar na criação ou otimização de seu site:

Experiência

Não importa o quanto a tecnologia e a internet avancem, esse parágrafo continuará sempre atual. O que mais importa em um ambiente online é a experiência oferecida ao visitante. Ela deve ser fluída, objetiva, agradável e eficiente.

Sites com muitas cores e elementos que confundem o olhar, labirintos na navegação, podem prejudicar a experiência e afugentar o visitante por um bom tempo. É como receber o cliente em sua loja e atrasar o seu pedido, prestar um atendimento ruim, etc.

Então capriche em um bom design, programação e ótimo conteúdo para que a sua presença online seja marcada por uma experiência incrível.

Mobile first e responsividade

Esse é o lema dos grandes desenvolvedores de soluções online. No começo, desktops eram as grandes plataformas de acesso à internet, depois vieram os notebooks e recentemente os smartphones.

Por isso todo site hoje deve ser pensado para funcionar plenamente no celular e tablet primeiro. E claro, como vivemos nos mundos das telas, o site ideal deve responder e ajustar-se a qualquer resolução. O nome disso é responsividade.

Leveza

Parte do pensamento mobile é que as pessoas recebem uma avalanche de informações e acessam dezenas de site em um dia. Se o site da sua empresa vai sobrecarregar o plano de dados do cliente ou se ele demorar mais de 5 segundos para carregar, as chances do visitante desistir crescem absurdamente.

Então conte com uma equipe que monitore esta performance. Esse item é inclusive avaliado pelo Google na hora do indexamento de conteúdo. Sites-tarturaga recebem penalizações em relação a outros que carregam mais rápido.

SEO

Não adianta ter o melhor site do mundo se ninguém o encontrar. Por isso é vital que o planejamento e a criação do site envolva um grande esforço de SEO – search engine optimization. Para quando o seu público-alvo pesquise o seu produto você esteja entre os três primeiros resultados.

Esse item é muito importante pois ele é um dos fatores que determinarão se o seu site será lucrativo ou não. Ou você quer investir em uma ferramenta que não funciona? Possuir um ótimo SEO é sinônimo de ser encontrado por possíveis clientes interessados em sua marca.

Uma ferramenta de SEO que não pode ser ignorada é a criação e atualização de um blog. Através dele será possível indexar novas palavras-chave através de conteúdos pertinentes.

Design e conteúdo

Esses dois elementos estão juntos pois são irmãos gêmeos. Um não funciona sem o outro. Por isso, em agências, existe a dupla de criação: redator e designer. É através desta união que o seu site será bonito, prático e terá soluções claras para o público.

Vender pela Internet: Use o conhecimento que você já tem do seu negócio a seu favor

Vender pela internetA principal dificuldade encontrada para o crescimento de negócios não virtuais, é a localização do ponto onde a empresa está localizada. Todos sabemos que para um negócio prosperar é preciso uma grande quantidade de consumidores em potencial e a partir deste ponto, conquistar o cliente com bom atendimento e uma boa negociação do seu produto.

Em muitos casos, ter uma loja bem localizada em shoppings ou em regiões onde existem lojas especializadas que tradicionalmente atraem este tipo de consumidor ajuda a amenizar este problema. Mas mesmo com um fluxo maior, o crescimento é restringido pela necessidade de consumo da sua cidade ou região.

Por outro lado, ter um negócio que necessite de um ponto físico, onde você depende que o cliente vá até a sua empresa oferece uma grande experiência, no sentido que você deve cuidar dos diversos afazeres da empresa com muito cuidado para manter a casa em ordem.

Observamos que as empresas que começaram a vender pela internet que tem crescimento mais rápido são justamente empresas que já tem experiência com o negócio não virtual. Ou seja, que já possuem conhecimento do produto e do mercado. E esta é realmente uma vantagem que faz toda a diferença na hora de começar a vender pela Internet.

Você já pensou que os principais requisitos para ter uma loja virtual de sucesso você já possui?  Os produtos você já tem em estoque para suas vendas off-line e já conhece o seu público!

Agora pense em quantos clientes de cidades vizinhas ou no Brasil inteiro estão precisando comprar o seu produto agora e estão buscando pela Internet? Em muitos casos é a procura de um ano inteiro pelo seu produto na sua cidade! E imagine ainda que muitos desses clientes estão em regiões onde não existem lojas para ele fazer a compra e o único caminho é a Internet. Sua empresa poderia atender estes consumidores!

Vender pela Internet é muito complexo?

Quanto a utilização das ferramentas para cadastrar os produtos e cuidar das vendas não há complexidade. A plataforma de vendas online que utilizamos por exemplo, é tão simples de usar quanto navegar pela internet. Além disso, quando você contrata uma agência de marketing digital, o trabalho de divulgação que pode ser complexo não é feito por você e sim por profissionais que garantem o sucesso do seu negócio online.

A sua Loja Virtual também potencializará o seu negócio físico!

Não são somente clientes que estão fora da sua cidade que são seus principais compradores da loja virtual. Em todos os projetos que desenvolvemos, os negócios dos nossos clientes obtiveram um grande crescimento das vendas dentro da região que já atuavam. As vendas pela Internet ajudam quem já é seu cliente, oferecendo mais comodidade com o recurso de tele entrega. Também destacamos o aumento do valor médio de vendas e o aumento da presença da marca regionalmente.